Pesquisar este blog

domingo, 29 de novembro de 2009

Mootools Vs JQuery

Quem desenvolve para web nos últimos anos, com certeza sentiu a necessidade de aprender algum framework javascript para agilizar seu trabalho ou mesmo possibilitar criar efeitos mais complexos com menos esforço. Nessa empreitada, o cidadão vai se deparar com uma série de opções das mais variadas, como ExtJs, Prototype, Dojo e outros.

Dentre esta gama de opções, escolhi como meu framework principal o Mootools que é bastante prático e poderoso. O problema é que, na minha região, esse não é lá um framework muito utilizado. O mercado costuma ser dominado por uma tecnologia ou outra, enquanto as "outras" convivem timidamente, em seu nicho. No meu caso, o framework que está "na boca do povo" aqui é o JQuery, outra opção muito popular, internet a fora.

Nisso, sempre ocorrem aquelas discussões sobre qual o seu framework predileto ou por que pessoa tal escolhe framework tal. Aqui, normalmente essas discussões envolvem o JQuery, e no meu caso, o barraco é mais ou menos no estilo Mootools Vs JQuery. Hoje, ocorreu algo assim, em pequenas proporções, quando comentei meu desgosto com a sintaxe do JQuery em relação à sintaxe do MooTools no twitter.

Disseram que a sintaxe do Mootools é "mais feia" que a do JQuery e que o primeiro era "javeiro". Tudo bem que sintaxe bonita e feia é questão de gosto, mas o adjetivo "javeiro" que foi definido pelo interlocutor como prolixo já não é. Ele faz referência a alguma coisa (Java, no caso) e representa uma característica teoricamente perjorativa.

Mediante tudo isso, me sinto compelido a contribuir com meus dois centavos. Vou justificar porque vejo a sintaxe do Mootools como sendo mais clara e "bonita" que a do JQuery, por fim, vou colocar alguns exemplos de código para ver se o adjetivo "javeiro" realmente procede.

Primeiro, quem já parou para ler a documentação do JQuery? Ver os métodos e classes disponíveis? Galera normalmente só olha o que vai precisar neh? Então vou fazer uma análise sobre trechos de código que se usa normalmente.

Vejamos alguns exemplos de como selecionar elementos com JQuery e Mootools:



Bem, não vou me estender muito neste artigo, mas acho que foi possível mostrar alguns pontos que mostram que o adjetivo javeiro, talvez tenha sido mal empregado pelo meu colega. De qualquer forma, quaisquer observações ou erros no código, favor, não deixem de informar. Abraço a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário